Saltar para o corpo principal da página

Site oficial da liga moçambicana de futebol

2018-09-03

Moçambola2019: Novo modelo conhecido antes do fim da presente época

Esta garantia foi dada por Ananias Couana, presidente da (LMF) Liga Moçambicana de Futebol, em entrevista ao semanário desportivo Desafio, publicada na edição desta segunda-feira, 03 de Setembro.

De acordo com Ananias Couana, a LMF já trabalha com o propósito de viabilizar a próxima edição do Moçambola que, tal como deixou antever, poderá sofrer algumas alterações no que diz respeito ao figurino.

“Face à situação económica e financeira do País, o modelo competitivo do Moçambola, que julgamos ser o melhor ou aquele que encaixa a nível internacional, deverá ser alterado caso não surjam mudanças”, avançou Ananias Couana.

Detalhando, o presidente da LMF assumiu que “estamos a pensar num figurino que cabe, ou seja, que pode ser coberto, por exemplo, com a disponibilidade financeira que tivemos este ano”. Aliás, Ananias Couana assumiu que “esta é uma das recomendações do Governo, no sentido de se ter um modelo competitivo menos dispendioso, sustentável a todos o níveis, mas sem perder de vista a competitividade”.

“A LMF já começou a trabalhar com alguns experts que podem trazer experiências de outros países para adequar à nossa realidade”, disse ainda, em entrevista ao referido semanário.

Questionado se a LMF já dispunha de modelos competitivos, Ananias Couana referenciou que os mesmos já existem, havendo, todavia, necessidade de os mesmos serem alinhados aos compromissos e/ou garantias financeiras dos patrocinadores.

“Por isso, como primeiro passo, reunimos com patrocinadores e apresentamos a proposta para saber se, mesmo alterando o figurino, podíamos continuar a contar com eles. Felizmente disseram-nos que, independentemente do modelo, estarão sempre connosco”, afiançou.

No tocante aos prazos para a divulgação, apresentação e preparação dos clubes em função do novo modelo competitivo, Ananias Couana explicou, sempre em entrevista ao Desafio, que o seu organismo agendou, para os próximos dias, um encontro com os clubes.

“Não se trata de nenhuma assembleia-geral, mas sim de uma reunião, a nível de tutela que é a Federação Moçambicana de Futebol, que culminará com a apresentação dos documentos finai ao Governo, o que será antecedido de uma assembleia-geral do nosso organismo para se aprovar a melhor das propostas”.

Por fim, Ananias Couana revelou que o novo modelo competitivo será apresentado dentro de dois meses, deixando a certeza de que “os clubes vão de férias, este ano, a conhecerem o modelo competitivo para a temporada do ano 2019”.

Noticia por Atanásio Zandamela @ www.desafio.co.mz