Saltar para o corpo principal da página

Site oficial da liga moçambicana de futebol

2019-11-07

Ferroviário de Maputo garante manutenção e Maxaquene na corda – bamba

Com o duelo de gigantes adiado, a luta pela manutenção aqueceu a 27ª jornada. Os locomotivas de Maputo garantiram um lugar no Moçambola do próximo ano depois derrotarem o Têxtil do Púnguè, enquanto o Maxaquene está com a corda no pescoço.

Os golos que selaram o triunfo do Ferroviário de Maputo foram apontados por Diogo (10 e 75 minutos) e Bruno (66).

Quem também deu um passo importantíssimo rumo a manutenção na fina-flor do futebol nacional é a formação Textáfrica de Chimoio. Na ronda 27, os pupilos de Aleixo Fumo, com golos de Dário e Nuno, derrotaram o Desportivo de Nacala pela marca de 2 a 0.

Longe dos lugares que dão acesso a Divisão de Honra da próxima época e a fazer uma recuperação soberba está a Liga Desportiva de Maputo que está a sete jogos a somar pontos. Nesta jornada, graças a um tento solitário de Raul, bateu, na Bela Vista, o Ferroviário de Nacala pela margem mínima.

O Costa do Sol ainda não entrou em cena no que toca a 27ª jornada, mas segue firme na liderança com 57 pontos, por sinal, mais seis pontos e dois jogos que a UDS, por sinal seu rival nesta ronda, que segue na segunda posição. O Ferroviário da Beira, que nesta ronda goleou o Baia de Pemba pelos claros e esclarecedores 4 a 1, segue no terceiro posto com os mesmos 42 pontos do quarto classificado Ferroviário de Maputo.

Missão do Maxaquene cada vez mais impossível

O Moçambola2019 continua ao rubro, sobretudo a luta pela permanência. A cada ronda que passa o fundo da tabela classificativa da maior prova do futebol moçambicano regista clubes que sobem e outros que descem, tudo da luta incansável garantir uma vaga na fina – flor do próximo ano.

Diz a velha máxima: “enquanto há vida há sempre esperança”, por isso, o Maxaquene ainda não atirou a toalha ao chão no que toca a manutenção. Contudo, os tricolores tem uma missão espinhosa nas três jornadas que faltam para o término do Moçambola.

O Maxaquene, que na ronda 27 não foi além de um empate a um golo frente Incomáti de Xinavane, ocupa a antepenúltima posição da tabela classificativa com 30 pontos e precisa vencer os três jogos que faltam para sonhar com uma possível manutenção na primeira divisão do futebol nacional.

Por sua vez, o Desportivo de Maputo ganhou três preciosos pontos na luta pela manutenção. O conjunto de Dario Monteiro, graças um golo solitário de Sidique, recebeu e derrotou o Ferroviário de Nampula pela margem mínima.

Quadro de resultados da 27ª jornada

ENH de Vilankulo 1 - 0 Clube de Chibuto

Desportivo de Maputo 1 - 0 Ferroviário de Nampula

Ferroviário da Beira 4 - 1 Baía de Pemba

Incomáti de Xinavane 1 - 1 Maxaquene

Ferroviário de Nacala 0 - 1 Liga Desportiva

Ferroviário de Maputo 3 - 0 Têxtil de Pungue

Textáfrica 2 - 0 Desportivo de Nacala

O4 de Dezembro

Costa do Sol x União Desportiva do Songo

Consulte aqui a Tabela Classificativa e os Líderes do campenato. ■