Saltar para o corpo principal da página

Site oficial da liga moçambicana de futebol

2021-02-09

Criadas condições para testagem das equipas do Moçambola

A garantia é dada pelo presidente da Liga Moçambicana de Futebol, Ananias Couana, face à suspensão da prova, por 30 dias, devido ao aumento de número de casos de COVID-19 no País.

Criadas condições para testagem das equipas do Moçambola

Foi para evitar que o futebol, o Moçambola em particular, se torne um foco de contaminação do novo coronavírus que o Chefe de Estado decidiu suspender, por 30 dias, a prova com efeitos a partir de 08 de Fevereiro.

E é em face a esta decisão que a Liga Moçambicana de Futebol (LMF) trabalha, afincadamente e em estrita cooperação com os clubes, com a Federação Moçambicana de Futebol e a Secretaria de Estado do Desporto para garantir que o Campeonato Nacional de Futebol seja um actividade segura a nível sanitário.

Com efeito e, segundo garantias dadas por Ananias Couana, os 30 dias da suspensão da prova serão importantes para a criação de condições para a testagem de todos os intervenientes na prova máxima.

Os passos relativos à testagem dos atletas já foram dados. Avançamos bastante neste quesito e penso que tempo, de 30 dias, é suficiente para que possamos encerrar este dossier e realizar os testes, referiu Coana.

De acordo com o presidente da LMF, a estratégia montada para a testagem dos atletas permitirá, outrossim, que os agentes de saúde possam ir ao encontro dos atletas e, não o contrário, visto que haver capacidade para o efeito.

Estamos tranquilos relativamente à testagem em todos os 14 clubes. Esta quinta-feira, 10 de Fevereiro, as equipas médicas dos clubes serão treinadas a respeito da implementação do protocolo sanitário, sobretudo na gestão dos testes, anunciou Ananias Couana, que prevê, caso o Chefe de Estado autorize, a disputa da quarta jornada a 13 de Março.