Saltar para o corpo principal da página

Site oficial da liga moçambicana de futebol

2019-10-31

Costa Sol consegue reviravolta épica na Belavista e não dá tréguas

O Costa do Sol não oferece tréguas nesta ponta final do Moçambola aos seus perseguidores. Na 26ª jornada, os canarinhos conseguiram um triunfo épico (1x2) no terreno do Desportiva de Nacala. Por sua vez, o bicampeão recebeu e bateu o ENH de Vilankulo.

A equipa de Horácio Gonçalves conseguiu a terceira vitória seguida fora de portas. No inferno da Bela Vista, foi a equipa de Antero Cambaco que inaugurou o marcador depois do nulo registado na etapa inicial. Maurício, aos 55 minutos, acertou com as redes de Vítor.

A vantagem dos nacalenses durou apenas três minutos, visto que à passagem do minuto 58 Isac restabeleceu a igualdade. Com o empate, os canarinhos lançaram-se ao ataque a busca da reviravolta no marcador. Eva Nga, jogador que em sido o abono de família para os canarinhos, esteve apagado e Sibale vestiu-se de herói para aos 89 minutos gelar o campo da Bela Vista.

Quem não desarma na perseguição ao líder é a formação da União Desportiva de Songo. Luís Miquissone, aos 19 minutos da segunda parte, ou seja, aos 64 minutos, marcou o único golo que valeu mais três pontos para o bicampeão nacional.

Com a luta pelo título reduzida a dois emblemas, o Costa do Sol segue firme na liderança com 57 pontos, por sinal, mais seis pontos e dois jogos que a UDS que segue na segunda posição. Por seu sua vez, o Ferroviário da Beira, que nesta ronda derrotado pelo seu homónimo de Nampula (3x1), ocupa a terceira posição com os mesmos 39 pontos do quarto classificado Ferroviário de Maputo.

Maxaquene em queda livre

Se por um lado, o Desportivo de Maputo voltou a sorrir depois da saída de Artur Semedo, por outro não se pode dizer o mesmo do seu eterno rival vizinho e rival Maxaquene que está em queda livre na tabela classificativa.

Na 26ª ronda, os tricolores perderam na recepção ao Ferroviário de Nacala pela margem mínima. Em Cabo Delgado, o Baia de Pemba recebeu e derrotou Incomáti de Xinavane por duas bolas a zero. Gulamo, aos 50 e 88 minutos, apontou os golos que selaram o triunfo da equipa de João Chissano.

Ainda na 26ª ronda, a Liga Desportiva de Maputo e o Textáfrica não foram além de uma igualdade sem abertura de contagem. O nulo registou-se igualmente no final da partida entre as formações do Têxtil de Púnguè e do Desportivo de Maputo.

Quadro de resultados da 26ª Jornada

Têxtil de Púnguè 0 x 0 Desportivo de Maputo

Clube de Chibuto 2 x2 Ferroviário de Maputo

Ferroviário de Nampula 3 x 1 Ferroviário da Beira

Baía de Pemba 2 x 0 Incomáti de Xinavane

Liga Desportiva de Maputo 0 x 0 Textáfrica

Desportivo de Nacala 1 x2 Costa do Sol

União Desportiva de Songo 1 x 0 ENH de Vilankulo

Consulte aqui a Tabela Classificativa e os Líderes do campenato. ■