Saltar para o corpo principal da página

Site oficial da liga moçambicana de futebol

2019-08-13

Costa do Sol vence e sagra-se campeão de inverno do Moçambola 2019

O Costa do Sol, faltando um jogo da primeira volta, é o campeão de inverno do Moçambola 2019. Os canarinhos receberam e derrotaram o Ferroviário de Nampula, consolidando a liderança. O Desportivo de Maputo ascendeu provisoriamente ao terceiro lugar.

Jogando no seu ninho, o Costa do Sol queria vencer para consolidar a primeira posição e logo no primeiro minuto inaugurou o marcador por intermédio de Isac. Apesar de estar em vantagem, o canário continuou lançado ao ataque e depois de inúmeras oportunidades desperdiçadas, Isac voltou a balançar as redes à passagem do minuto 41. Na segunda parte, o Ferroviário de Nampula fez de tudo para mudar o rumo dos acontecimentos, mas o máximo que a equipa de Akil Marcelino conseguiu foi reduzir para 2x1.

O Ferroviário da Beira, que na ronda anterior foi desalojado da liderança, regressou aos triunfos. Um golo solitário de Maninho, na conversação de uma grande penalidade, foi suficiente para os locomotivas de Chiveve derrotarem o Ferroviário de Nacala (1x0) e continuarem de pedra e cal no pelotão da frente.

Na Matola C assistiu-se um dos melhores jogos da primeira volta da presente edição do Moçambola. O Desportivo de Maputo e a Liga Desportiva de Maputo brindaram os adeptos que se fizeram ao campo com um grande espectáculo de futebol. Jogando no seu campo, mas na condição de visitante, a Liga foi derrotada pelos alvinegros (3x2).

Com golos de Hammed e Rodrigues, a equipa de Artur Semedo saiu para o intervalo a vencer por 2x0. Na segunda parte, Mabote reduziu e deu esperanças para a equipa forasteira, mas Macaime voltou a ampliar a vantagem do Desportivo. Kabine ainda deu alento ao conjunto de Nilton Terroso, mas não conseguiu adiar os festejos da nação alvinegra.

Concluída a primeira volta, o Costa do Sol lidera a fina-flor do futebol nacional com 28 pontos mais um que o segundo classificado, o Ferroviário de Beira. O Desportivo de Maputo e o Textáfrica, ambos com 24 pontos, seguem provisoriamente, na terceira e quarta posições, respectivamente, visto que em caso de triunfo na última partida primeira a UDS vai se fixar no pódio.

Locomotivas de Maputo agudizam a crise do Maxaquene

Naquele que foi o último clássico da primeira metade do Moçambola, o Ferroviário de Maputo fez a questão de agravar a crise dos tricolores. Com nota artística, os pupilos de Daúde Razaque bateram o Maxaquene (3x1). Mário (2) e Alain marcaram os golos dos locomotivas, enquanto Domingos, de grande penalidade, fez o tento de honra dos Maxacas que continuam na zona de despromoção.

Quem também regressou às vitórias foi a formação do ENH de Vilankulo que recebeu e derrotou o Baía de Pemba FC (1x0). Parkim voltou a ser o abono de família do único representante da província de Inhambane na presente edição do Moçambola. Pelo mesmo resultado, Incomáti superou o Textáfrica do Chimoio.

Em Nacala, no Campo da Bela Vista, o Desportivo local fez uma reviravolta na recepção ao Têxtil do Púnguè (3x1). Os fabris de Sofala foram quem inaugurou o marcador, mas a equipa de Nacala conseguiu empatar e depois passar para a liderança do marcador.

De referir que o pano da primeira volta do Moçambola do presente ano vai cair na quarta-feira (14) com a realização da partida entre a União Desportiva de Songo e o Clube de Chibuto.

Quadro de resultados da 15ª Jornada

Ferroviário de Maputo 3 x 1 Maxaquene

Costa do Sol 2 x 1 Ferroviário de Nampula

ENH 1 x 0 Baia de Pemba

Desporto de Maputo 3 x 2 Liga Desportiva de Maputo

Incomáti de Xinavane 1 x 0 Textáfrica

Ferroviário da Beira1 x 0 Ferroviário de Nacala

Desportivo de Nacala 3 x 1 Têxtil de Púnguè

Quarta-feira (14/08)

União Desportiva do Songo x Clube de Chibuto

Consulte aqui a Tabela Classificativa e os Líderes do campenato. ■