Saltar para o corpo principal da página

Site oficial da liga moçambicana de futebol

2021-05-10

ABB vence UDS e consolida a liderança do Moçambola

O Moçambola retomou depois de três meses de interregno e a Black Bulls voltou mais forte. Na quinta jornada, com Ejaita em grande plano, os Touros atropelaram a União Desportiva de Songo e consolidaram a liderança.

ABB vence UDS e consolida a liderança do Moçambola

Depois de ter ombreado de peito aberto com o sempre candidato Ferroviário de Maputo na ronda anterior, a equipa de Hélder Duarte passeou a classe na quinta jornada. Na partida disputada na vila de Songo, um golo madrugador de Ejaita, aos quatro minutos, colocou a Black Bulls em vantagem.

Em desvantagem, a União Desportiva do Songo tentou esboçar uma reação ao golo sofrido. Contudo seria os forasteiros a dilatarem a vantagem. À passagem do minuto 15, Melque fez o 2 a 0, mas volvidos quatro minutos, Candinho reduziria a vantagem e relançava a partida.

O golo dos anfitriões não abalou os Touros que continuavam a controlar as rédeas da partida. Depois de muitas investidas, quando faltavam cinco minutos para o intervalo, ou seja, aos 40 minutos, na transformação de um grande penalidade, Ejaita bisou na partida. Com o 3 a 1, à maior para a ABB, as três equipas foram para o intervalo.

Na etapa complementar, para inverter o rumo dos acontecimentos, Nacir Armando fez algumas mexidas no seu xadrez, mas encontrou uma rival que não dava espaços para manobras.

Quando os vice – campeões estavam lançados para o ataque à procura do golo que relançaria o jogo, Ejaita fez a questão de sentenciar as contas do jogo. Aos 51 minutos, o avançado nigeriano fez quarto golo dos Touros e terceiro na sua conta pessoal.

Quem não desarma na perseguição ao líder são as formações do Ferroviário de Beira e do ENH de Vilankulo uma vez que saíram vitoriosos nos seus respectivos jogos.

Na sua deslocação a Nampula, o Ferroviário de Beira bateu o Ferroviário de Nampula pelos tangenciais 2 a 1. Dayo, no primeiro minuto de compensação da primeira parte, adiantou os locomotivas de Chiveve no marcador. No 13º minuto da segunda parte, Mafaite dilatou a vantagem dos visitantes.

O máximo que os locomotivas da chamada capital da zona norte conseguiram foi reduzir, aos 64 minutos, por intermédio de Salas.

Pelo mesmo resultado, o ENH de Vilankulo recebeu e derrotou o Ferroviário de Lichinga. Aos 48 minutos, Mexer fez o primeiro para a turma de Vitor Mayamba, mas, volvidos oitos minutos, Vivaldo restabeleceria a igualdade para os locomotivas de Niassa. O golo que selou a quarta vitória do único representante da província de Inhambane na presente edição da fina – flor nacional foi marcado por Jongwe aos 79 minutos.

Comboio anulado na estreia e Dário Monteiro vence

Não foi de sonho a estreia no comando técnico do Costa do Sol. Na sua deslocação à Quelimane, o campeão nacional em título não foi além de uma igualdade sem abertura diante do Matchedje de Mocuba. Victor, ao defender uma grande penalidade aos 27 minutos, foi o herói dos campeões nacionais.

Quem teve uma estreia de sonho foi Dário Monteiro. No seu regresso ao banco da Liga Desportiva de Maputo, o antigo capitão dos Mambas, com um golo de Estevão aos 70 minutos, recebeu e venceu, no sábado, 08 de Maio, o Incomáti de Xinavane, do também estreante Danito Nhampossa, pela margem mínima.

No mítico Estádio da Machava, o Ferroviário de Maputo superou o Textáfrica pelos esclarecedores 3 a 0. Marcel (1’), Kidou (66’) e Kito (69’) marcaram os golos que deram mote a goleada da equipa de Daúde Razaque.

Por sua vez, o Desportivo de Maputo e Ferroviário de Nacala não foram além de uma igualdade a uma bola. Na partida jogada no Campo da Liga Desportiva os golos só apareceram na segunda parte. Diogo adiantou os forasteiros aos 75 minutos, mas ao apagar das luzes, ou seja, aos 92 minutos, Henriques restabeleceu a igualdade naquele que foi o primeiro jogo de Satar Salvado com timoneiro dos alvinegros.

Resultados da 5ª jornada

Ferroviário de Maputo 3 – 0 Textáfrica de Chimoio

Liga Desportiva 1 – 0 Incomáti de Xinavane

UD de Songo 1 – 4 Black Bulls

Desportivo de Maputo 1 – 1 Ferroviário de Nacala

Matchedje de Mocuba 0 – 0 Costa do Sol

ENH de Vilankulo 2 – 1 Ferroviário de Lichinga

Ferroviario de Nampula 1 – 2 Ferroviário da Beira