Saltar para o corpo principal da página

Site oficial da liga moçambicana de futebol

2018-10-22

UD de Songo esteve com a mão no título

A vitória parcial do Textáfrica de Chimoio, por 2 a 0, no Estádio da Machava, dava o título à União Desportiva de Songo. Mas Kelo, do Ferroviário de Maputo, tratou de cancelar a festa hidroeléctrica. O título continua no centro do furacão!

UD de Songo esteve com a mão no título

51 minutos e 0 a 2 no Estádio da Machava para o Textáfrica. O golo de Dário, em Maputo, fez as bancadas de Songo explodirem de alegria, num recitar de uma festa bastante esperada neste ponto do País. A festa da renovação do título. Da conquista do bi-campeonato.

No terreno do jogo, a equipa da casa, a UD do Songo, cumpria ao limite com o seu papel. Vencia por 1 a 0, desde o minuto 15, com tento de Hélder Pelembe alcançado na transformação de uma grande penalidade.

Mas aos 51 minutos, o público de Songo apanhou o primeiro susto. Um aviso à navegação, um sinal que determinava que tudo neste mundo pode ser adiado. Kamo-Kamo reduziu para 1 a 2 na Machava.

Jogo aqui. Jogo acolá. Nem aqui, nem lá viam o tempo a passar. Em Maputo pediam golo dos caseiros e em Songo, “só mais um” do Textáfrica.

À meta chegou primeiro a claque dos Vataxanisseca, que festejou o tento de Kelo, que no minuto 68 tratou de anular momentaneamente o combate: empate na Machava, a dois golos.

Sem mais desenvolvimentos em Songo, as atenções ficaram todas concentradas em Maputo. É de lá onde deveriam chegar notícias para Songo, para o País, para o planeta futebolístico que podia, naquela tarde de domingo, 21 de Outubro, conhecer um novo campeão nacional.

Minuto 89 e reviravolta do Ferroviário de Maputo. 3 a 2 no marcador, com autoria de Kelo, que cancelou a decisão do título nesta jornada. A locomotiva marcava o golo não só da vitória, mas também da pressão ao líder que em Songo bateu, por 1 a 0, o ENH de Vilankulo, para a antepenúltima jornada do Moçambola.

Na tabela classificativa, a UD do Songo mantém-se no topo com 57 pontos, mais três do que o Ferroviário de Maputo. Na terceira posição segue a Liga Desportiva de Maputo que, ainda nesta jornada 28, derrotou o Ferroviário de Nacala, por 1 a 0, com golo solitário de Telinho.

Foto retirada aqui.