Saltar para o corpo principal da página

Site oficial da liga moçambicana de futebol

2018-11-28

Ferroviário de Nampula assegura Cambaco

Depois de alcançar a quarta posição no Moçambola-2018, a locomotiva da capital do norte brindou Antero Cambaco com mais um contrato. Enquanto isso, o Clube de Chibuto e a Liga Desportiva seguem caminho inverso, o de não renovar com os seus treinadores.

Ferroviário de Nampula assegura Cambaco

O Ferroviário de Nampula decidiu antecipar-se à especulação informativa - típica do defeso - ao anunciar a continuidade do técnico Antero Cambaco no comando técnico da equipa principal.

De acordo com uma nota divulgada pelo clube, a renovação do contrato que liga Cambaco ao Ferroviário de Nampula foi acordada durante esta semana, sem no entanto precisar a duração da mesma – supondo-se, pelos objectivos, ser de uma época.

No entanto e, sempre de acordo com a nota divulgada pelo Ferroviário de Nampula, Antero Cambaco tem como principal objectivo alcançar o pódio do Moçambola-2019, depois da quarta posição conseguida em 2018, “bem como chegar o mais longe possível na Taça de Moçambique”.

Importa lembrar que este é o quarto treinador confirmado para o Moçambola do próximo ano, depois de Horácio Gonçalves no Costa do Sol, Nacir Armando na UD do Songo e Antoninho Muchanga no Maxaquene.

EM MOVIMENTO CONTRÁRIO...

Se por um lado os quatro clubes acima referenciados confirmaram os treinadores para a próxima época, por outro há os que adiantaram que não continuarão com os técnicos com os quais terminaram a presente época desportiva.

Trata-se do Clube do Chibuto que não renovou o contrato com Daúde Razaque e da Liga Desportiva de Maputo que ficou sem os préstimos de Akil Marcelino, mesmo depois do terceiro lugar conseguido no Moçambola do ano em curso. Estas duas colectividades ainda não anunciaram os substitutos dos técnicos moçambicanos.